Relaxe… o vestibular não é uma guerra!

 

É absolutamente natural ficar tenso e ansioso quando o vestibular se aproxima. A pressão pela escolha profissional, o desgaste de estudar muitas horas por dia e, para agravar a situação, alguns colégios  pressionam muito seus alunos em busca de resultados, transformando o vestibular numa guerra. Relaxe… prestar atenção à aula, ter disciplina na hora de estudar e garantir um espaço para o prazer e a atividade física, costumam ajudar muito e evita aquele famoso “branco”, fruto da ansiedade e que faz você achar que sumiu da sua cabeça tudo o que você estudou (e que, na verdade, permanece ali mesmo na sua mente).  Além do que,  seus “concorrentes” também estão submetidos às mesmas dificuldades e pressões – se você estudou adequadamente e conseguir relaxar na hora das provas, vai estar levando uma grande vantagem.

A família tem um papel fundamental, e deve ajudar o vestibulando sem ficar cobrando dele, o tempo todo, que estude e sim, incentivando-o e vendo formas de ajudá-lo a aliviar a tensão e a ansiedade (grandes responsáveis por parte das reprovações).

A escolha da profissão

Diante de uma imensa lista de cursos (e a cada ano surgem novas profissões) e das dificuldades do mercado de trabalho, bate uma angústia muito grande na hora de decidir que curso seguir. Fazer escolhas é sempre um processo difícil, ainda mais quando ocorrem no auge da adolescência, e você tem que decidir o que você vai querer ser no futuro. Pesquisas mostram que, de cada 3 vestibulandos, 2 não sabem o que querem fazer e que 20% dos universitários desistem nos primeiros anos do curso e partem pra outra. Na dúvida, busque informações nos sites, manuais das universidades, guia do vestibulando, converse com profissionais da área e, se as dúvidas persistirem, procure fazer uma orientação vocacional.

São tantos os elementos que influem na escolha de uma profissão! Deve-se levar em conta interesses, aptidões, características pessoais, valores e condições de vida.Mas essa  escolha deve ser sua. È você que vai definir quem você quer ser ! 

Tô com medo da prova!

O nervosismo na hora da prova e a falta de atenção na leitura das questões são alguns dos motivos do fracasso de vários vestibulandos. Apesar de não existir fórmula mágica, além de estudar, existem coisas simples que você pode fazer e que ajudam a diminuir a tensão e a ansiedade. Então vamos lá:  durma, pelo menos, 8 horas por noite, a fim de manter a atenção, concentração e memória funcionando adequadamente;  evite estudar na véspera da prova. Saia e faça um programa light;  vá assistir a missa do vestibulando, tomar um passe, fazer uma prece… A fé ajuda a acalmar;  visualize-se fazendo a prova com tranqüilidade; no dia da prova tome um bom café da manhã, confira se está de posse de todo o material necessário (como cartão de identificação, canetas,…) e chegue no local da prova com bastante antecedência; leve para o local da prova uma garrafa de água, barrinha de cereal e chocolate; faça a leitura inteira da prova e comece pelas questões que você considera mais fáceis. Se você “engatar” em alguma questão, pule e volte a tentar resolvê-la só no final, se não conseguir “chute”. Não deixe questões em branco; se espreguice e alongue os músculos durante a prova; reserve pelo menos 15 minutos para marcar o cartão resposta, no caso das provas de múltipla escolha.

Todo mundo deseja passar no primeiro vestibular, mas é sempre bom lembrar que, se você não conseguir, terá uma ótima oportunidade para avaliar suas limitações e dificuldades e investir mais no seu estudo e cuidados com você no próximo ano.

Vestibular é vida, não é guerra! Boa sorte a todos!

Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.