Nana, neném…

     Os filhos costumam ser os depositários do nosso maior e melhor amor, uma benção em nossas vidas, mas depois que eles nascem adeus noite tranqüila de sono. Até o terceiro mês de vida, os bebês dormem a maior parte do tempo (mais de 16 horas) e só despertam para mamar em intervalos de 3 a 4 hs, ou se estão incomodados com algo (xixi, cocô, cólicas…).E, não é nada fácil ficar acordando a noite toda… As mães ficam esgotadas!

Os problemas de sono dos bebês são uma questão universal e fazem parte do processo de sua adaptação ao mundo. Na maioria das vezes, as crianças não dormem bem por causa dos maus hábitos criados pelos próprios pais, que a qualquer resmungo se precipitam e os tiram do berço. Não é recomendável pegar o bebê no colo cada vez que ele chorar e, muito menos, colocá-los para dormir na cama com vocês, isso é até perigoso, pois ao dormir você pode virar por cima deles e provocar um acidente. O sono é uma função aprendida e seu bebê precisa aprender a dormir.

Onipotência infantil

     O bebê deve dormir no berço, desde pequeno. Se você acostumá-lo a dormir no colo ou fazê-lo dormir embalando-o, fica muito mais difícil tentar mudar esse padrão depois. Durante o dia, deixe-o dormir com a cortina aberta, permitindo que a claridade entre no quarto para a criança aprender a diferenciar o dia da noite; não se deve escurecer o quarto da criança durante o dia.

Basta um chorinho do bebê para que todos se mobilizem para fazê-lo retornar a situação de prazer. O choro da criança nem sempre significa sofrimento, às vezes, ele só quer a sua atenção e se, a cada vez que ele chorar for atendido, ele vai internalizar que através do choro vai conseguir tudo o que ele quer e que o mundo gira em torno dele. Não faz mal você deixá-lo esperando um pouquinho, mesmo que ele esteja chorando.

Paciência e disciplina

     As queixas dos pais sobre a insônia infantil vem crescendo muito e as causas principais são os maus hábitos adquiridos, especialmente no primeiro ano de vida, e a falta de rotina na vida das crianças. Paciência e disciplina costumam funcionar no estabelecimento de hábitos mais saudáveis e eficazes para garantir uma boa noite de sono.

Estabeleça uma rotina a ser seguida: seu filho deve deitar-se para dormir no mesmo horário, todos os dias (em ocasiões especiais e finais de semana esse horário poderia ser modificado) ; deve ensiná-lo a dormir sozinho e com a luz apagada; conte histórias para ele antes de dormir, isso ajuda-o a relaxar, além de propiciar um momento especial de aconchego e carinho; incentive-o  a escolher um brinquedo ou objeto (paninho, travesseiro, bichinho de pano…) para ser seu companheiro durante o sono (as crianças colocam nesse objeto uma carga afetiva intensa e se sentirão acompanhados quando sozinhos);  não permita, muito menos estimule, que seu filho lhe espere acordado quando você sair à noite; as brincadeiras, à noite, devem ser mais calmas e suáveis, evite atividades que o deixem excitado perto da hora de dormir; uma sessão de massagens, cafunés e carinhos vão deixá-lo  “molinho e feliz”; procure acarinhá-los, falar do seu amor por eles, faça uma prece (as crianças adoram a do anjo da guarda) pedindo uma boa noite de sono para eles e todas as pessoas que vocês amam. Além disso, eles vão adorar se você cantar um pouquinho pra eles adormecerem (nada de boi da cara preta), que tal algo suave e amoroso como a música dos Tribalistas, anjo da guarda “escureceu, o sol baixou. Anjo da guarda cantarolou. Nana neném. Nana neném…”

 

Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.