MAS QUE COINCIDÊNCIA ABSURDA…!

 

Imagine que há 10 anos você conheceu um rapaz, que lhe encantou, mas não aconteceu nada entre vocês e vocês não se viram mais e que, recentemente, você volta a encontrá-lo e conversando sobre música você lhe diz que adora uma determinada música; no dia seguinte vocês marcam um encontro e, assim que ele chega ao local, começa a tocar a mesma música (que não é uma música popular e nem comum). Ou ainda, você sonha com um amigo que mora no exterior, com quem não costuma manter contato e por isso não tem notícias dele há muito tempo e, sem um motivo especial você recebe um whatsApp, Messenger ou um telefonema dele falando de saudade… Às vezes, nos surpreendemos com as estranhas coincidências da vida e não encontramos uma explicação lógica para o acontecido. Como compreender o fato de que pensamos ou sonhamos com alguém e logo em seguida essa pessoa nos telefona, manda um email, dá qualquer sinal de vida ou a encontramos; percebemos repetições de datas em fatos marcantes em nossas vidas; determinados objetos (não comuns) começam a marcar presença por onde andamos… O que essas coincidências significam? Que caminhos querem nos mostrar? Será que isso é apenas uma coincidência? Acredito que não e essas coincidências significativas tem um nome: SINCRONICIDADE.

 

MAIS DO QUE PROBABILIDADES DE ACASOS

 

O conceito de Sincronicidade foi desenvolvido pelo psiquiatra suíço Carl Jung para denominar as coincidências significativas ou seja “a coincidência de dois ou mais eventos, sem relação causal, mas com o mesmo conteúdo significativo” e que podem provocar transformações individuais, criar oportunidades e até mesmo mudar o rumo da vida das pessoas.

A maioria das pesquisas científicas procura estudar a causa dos eventos, mas como explicar fatos que além de não possuírem um nexo causal, acontecem de forma esporádica, sem previsibilidade temporal e sem possibilidade de serem testados cientificamente. A explicação vem da filosofia oriental e da física moderna: em algum lugar existe uma realidade unitária, que engloba os domínios físicos e psíquicos (uma unidade psicofísica), responsáveis por fatos relacionais, conectando o que acontece dentro de nós (psique) com o que está fora (realidade). Essas coincidências significativas são muito mais do que probabilidades do acaso e costumam trazer algo de especial para quem as vive.

 

MOMENTOS MÁGICOS

 

Na maioria das vezes, coincidências são apenas coincidências. Na sincronicidade os acontecimentos não são pontuados pela lógica e sim pela simultaneidade, além do que, dependem do significado atribuído por nós aos fatos. Assim, o essencial é entender o significado do fato ocorrido, tentar perceber que importância poderá ter pra você… mas, para que você consiga ter esse entendimento, é preciso que você esteja atento aos sinais da vida e conectado com suas emoções, percepções e desejos. A vida sempre mostra caminhos, nós é que muitas vezes não percebemos!

Portanto, preste bastante atenção nos sinais da vida pois, segundo os holistas, “quando as coisas têm que acontecer, até a natureza conspira para que elas dêem certo”. Acreditando ou não em sincronicidade, fique atento pois isso pode acontecer com qualquer um de nós, até mesmo com as pessoas que não acreditam. Agora, se além das “coincidências absurdas” que lhe vinculam a alguém, vocês ainda tiverem uma visão de mundo parecida, uma afinidade de gostos, uma vontade de se ver com frequência e uma cumplicidade na alegria, não desperdice esse encontro, muito menos economize afeto e aproveite toda a magia, de estar vivendo uma relação onde se dá o encontro de almas. Um domingo cheio de magia e encantamento para

Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.