MAIS RESPEITO E MAIS AMOR!

 

No dia 15 deste mês, o Brasil inteiro ficou estarrecido e chocado com uma notícia que começou a circular na televisão e nas redes sociais – Domingos Montagner, o Santo dos Anjos da novela Velho Chico, da Rede Globo, havia desaparecido nas águas do rio São Francisco, onde foi dar um mergulho com a sua colega de elenco Camila Pitanga (Tereza), com quem fazia par romântico na novela. A incredulidade e a tristeza invadiam o coração de muita gente! O que estava acontecendo era uma triste coincidência entre ficção e realidade, só que com um final diferente – na novela ele desaparecia nas águas do rio, mas  foi encontrado, cuidado pelos índios e resgatado por Tereza, com vida.

A comoção popular era grande! Como não ser empático com um ator que demonstrava ser muito boa gente, que falava com amor e respeito na mulher e nos três filhos? Como não apreciar alguém que vinha do circo e era um ator-palhaço? Como não gostar muito de um personagem que, além de ser honesto, justo e sensível era uma liderança na luta do povo contra um coronel explorador, e que ainda trazia no nome duas referências de cuidado, proteção e amor: santo e anjo.

Em clima de comoção, milhares de pessoas faziam preces, postavam mensagens de conforto e solidariedade à família de Domingos, aos seus colegas de elenco e a Camila Pitanga, que estava em estado de choque, pois viu o amigo ser tragado pelas águas do rio e sumir na sua frente, e embora ela tenha tentado segurar em seu braço por duas vezes, não conseguiu salvá-lo. Mas, enquanto muitos se comoviam e lamentavam a morte de Domingos, de uma forma desumana, impiedosa e cruel começavam as postagens nas redes sociais afirmando que eles tinham um caso e muitas outras ofensas inomináveis à Camila, em função de uma postura ideológica dela e de sua família – desejar que fosse ela que tivesse morrido era uma das menos odiosas.

O autor de novelas Walcyr Carrasco fez o seguinte post no Instagram  – “Nos últimos dias têm sido postadas imagens da atriz Camila Pitanga com piadas doentias envolvendo o falecimento do ator Domingos Montagner. Só pessoas psicologicamente deformadas são capazes de fazer piada num momento desses. Compartilhar demonstra falta de compaixão diante de uma tragédia. Como escritor e artista eu não peço, mas EXIJO RESPEITO. Artistas são pessoas. Sentem. Sofrem a dor da perda de um colega. Não é porque são famosos que não têm direito ao respeito! Mais amor por favor!”.

As pessoas que postaram e compartilharam essas mensagens não têm ideia do sofrimento que é você presenciar a morte de uma pessoa querida e não conseguir fazer nada para salvá-la? – não precisava nem ser uma pessoa conhecida, bastava presenciar a morte de alguém. Essas pessoas não respeitam a dor de ninguém! Respeitem o sofrimento da família do Domingos Montagner que além da imensa dor da perda, ainda tem que lidar com a maldade alheia; respeitem a dor da Camila que viu o amigo, com quem contracenou a novela inteira, morrer na sua presença; respeitem a dor de todos os familiares e amigos deles. Respeitem a humanidade de todos nós, que nos solidarizamos a dor deles e ficamos chocados com tamanha crueldade.

O “céu” deve estar mais alegre com a chegada de um palhaço muito especial, mas por aqui, a impressão ´´é a de que ele não morreu, ele ficou encantado nas águas do Rio São Francisco”.

Não contribuam com a disseminação a cultura do ódio e do desrespeito (os filhos deles, assim como os nossos, acessam as redes sociais). É isso!

 

 

 

Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.