LEALDADE E FIDELIDADE

A lealdade é uma das maiores virtudes do ser humano. Ser leal não é o mesmo que ser fiel, embora muitas pessoas confundam esses conceitos. Lealdade é muito mais do que fidelidade. Ser leal é respeitar acordos e cumprir as promessas feitas. É uma consciência pessoal de se comprometer com o outro e respeitá-lo no que é essencial e valoroso para ele. Ela se  ampara em valores e não apenas em sentimentos. É preciso que haja cumplicidade e respeito entre as pessoas para que seja estabelecida a relação de lealdade.

Já a fidelidade é uma função social.  É o cumprimento de uma norma social que atende a um código de ética, previamente estabelecido, de não enganar sexual e emocionalmente o parceiro.  No caso das relações amorosas, tudo vai depender do pacto estabelecido entre as partes: se eles acordam de que podem fazer sexo com outras pessoas, não haverá o que reclamar, desde que eles cumpram com os detalhes daquilo que foi acordado entre ambos.

Lealdade e fidelidade são formas de criar compromisso. Para se construir uma relação baseada na lealdade e na confiança é preciso estar disponível para um diálogo franco em que as pessoas possam manifestar o que gostam, aceitam e até expressar o que o parceiro não percebe. Também é preciso aprender a lidar com o desejo do parceiro, suportar frustrações, administrar diferenças, ficar receptivo às suas necessidades e valorizar seus gestos e intenções.

 Nos relacionamentos amorosos é natural os parceiros funcionarem de acordo com o que foi anteriormente pactuado entre eles e, na grande maioria das vezes, o acordo é de fidelidade. Assim, quando um dos parceiros rompe esse acordo, fatalmente vai ser cobrado por isso, pois a fidelidade tem por base um compromisso de não traição sexual ou emocional. Porém, mais importante do que a fidelidade deve ser a lealdade para com o parceiro, pois ela implica valores morais e sentimentais. Significa compromisso, cuidado, confiança e respeito. Ser leal é qualidade de quem tem maturidade emocional.

 Amar e ser amado é algo espetacular na vida de qualquer pessoa, mas para que o amor permaneça na vida de um casal, é preciso que haja um olhar terno, uma escuta carinhosa, um colo acolhedor e um desejo de cuidar afetivamente do outro. O amor adoece quando um relacionamento amoroso passa a ser balizado pela desconfiança, pela falta de verdade, por brigas e acusações constantes de infidelidade e deslealdade.

Caetano Veloso descreveu muito bem a importância de se cumprir acordos, na música Lealdade:

Serei. Serei leal contigo. Quando eu cansar dos teus beijos, te digo.

E tu também liberdade terás, pra quando quiseres bater a porta sem olhar para trás.

Acordos precisam ser estabelecidos de forma mútua para que haja serenidade nos vínculos. E, se acontecer de um dos parceiros se apaixonar por outra pessoa, o que de fato pode ocorrer, seja verdadeiro e leal com a pessoa que está na sua vida, conte o que está acontecendo e decidam o que deve ser feito: rever acordos ou descontinuar a relação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *