IH, ESQUECERAM DO MENINO JESUS!

 

Hoje é Natal e o mundo inteiro comemora o nascimento de Jesus Cristo. O Natal simboliza o renascimento de Cristo em nossas almas, o que nos lembra que devemos louvá-lo e agradecer todas as graças alcançadas, mas quantos de nós realmente lembramos de Jesus nesse período?  Um dia desses, uma amiga comentou comigo que estava num shopping em São Paulo, lindamente ornamentado para o Natal e percebeu que da decoração faziam parte árvores de natal, papais noéis, duendes, trenós, renas, até bonecos de neve e ursos, mas o grande homenageado da festa não estava presente – não havia nenhum menino Jesus, muito menos seus pais Maria e José foram lembrados. A partir desse comentário eu passei a prestar muita atenção às decorações natalinas das lojas, restaurantes,bares, casas dos amigos, consultórios médicos, repartições… e como ela, também constatei que a presença de Jesus estava sendo relegada a um segundo plano.

Mas, se o simbolismo do Natal é o de comemorar o nascimento de Jesus, como celebrar todos os anos esse aniversário, com uma grande festa, e esquecer de convidar o aniversariante?  O fato é que é fácil constatar que, mais do que em qualquer período do ano, o apelo do consumo está em toda parte e que por isso a figura do Papai Noel vem sendo colocada em primeiro plano, com seu saco de presentes sempre cheio, numa clara demonstração do quanto o Natal vem se tornando uma festa comercial.

LEMBRE-SE DO ANIVERSARIANTE.

Montar a árvore de natal, enfeitar a casa, providenciar a ceia, comprar presentes, programar o amigo invisível, encaminhar cartões, reunir parentes e amigos para confraternizar, voltar a se encontrar no almoço do dia seguinte… todo esse ritual é muito interessante e gostoso de ser vivido, porém o Natal é muito mais do que isso, ou melhor, deveria ser. Celebre, comemore, faça festa, mas lembre-se do aniversariante, daquele que deu a sua vida por nós, do salvador, de Jesus Cristo.

Com certeza, a melhor forma de homenageá-lo na celebração do seu nascimento é viver o Natal com o sentido de renovação, exercitando a solidariedade e o amor ao próximo. Você pode escolher viver essa data como um momento espiritual e amoroso  demonstrando o seu afeto pelas pessoas , lembrando dos mais necessitados e dos desprotegidos- quantas pessoas ou crianças carentes você acolheu nesse Natal? – ou simplesmente ser um ajudante do Papai Noel e distribuir presentes para os familiares e amigos.

ENTÃO É NATAL!

Tente, invente e faça diferente. Se não aconteceu esse ano, reúna os amigos e se programe para no próximo ano acolher uma Instituição que cuide dos mais necessitados. Ajudá-los materialmente é algo muito importante, mas faça mais do que isso, dedique um pouco do seu tempo e muito do seu afeto para fazer a diferença na vida dessas pessoas. Visite uma creche, um asilo, um hospital e se disponibilize para dar carinho e receber o mais sincero e comovido olhar de gratidão da sua vida. Seja amoroso e solidário com todo mundo, especialmente com os mais necessitados.

Transforme o seu Natal numa festa da alegria, do perdão, da fé, do amor, da justiça, da esperança e da caridade. O Natal é a festa da luz e da fraternidade. Que a luz do Natal que representa a nossa fé ilumine a vida de todos nós no caminho da esperança de um mundo melhor, com menos violência, mais solidário, amoroso, fraterno e que o amor ao próximo seja um exercício diário em nossas vidas e não apenas um gesto de poucos dias. Lembre-se dos ensinamentos de Cristo e exercite o perdão, o amor e a caridade. Feliz Natal para todos. Beijos.

Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.