Eu gosto da pessoa que me tornei…

Viver bem é uma arte. Mas, para se conseguir estar em paz com a vida é imprescindível que você esteja satisfeita ( o) com o seu jeito de ser e que goste (se possível muito) da pessoa que você se tornou. As pessoas que não conseguem ter um julgamento positivo sobre si mesmas lidam o tempo todo com a sensação de que não merecem receber coisas boas da vida, exigem muito de si e acabam se tornando carcereiros de si mesmos e carrascos dos outros.

Todo mundo comete erros e faz coisas estúpidas de vezem quando. Conheceras suas próprias falhas ajuda a aceitar e perdoar as falhas alheias. Fica mais fácil aprender a lidar com as circunstâncias desfavoráveis da vida, se a gente assumir uma postura de flexibilidade para se adaptar ao novo e valorizar o que realmente é importante. Nossas prioridades na vida vão mudando com o passar do tempo, portanto esteja disponível para rever conceitos, mudar posturas, se determinar a cumprir desejos e ter atitudes, buscando sempre se acomodar numa nova zona de conforto, onde você sinta prazerem estar. Alémdisso, procurar sempre ver o lado positivo das situações é um ótimo caminho para facilitar a vida e vivê-la com alegria, paz e felicidade.

A beleza está em toda parte

É preciso ter leveza para aproveitar as coisas boas da vida. “A beleza está em toda parte. E talvez em cada momento de nossas vidas” já dizia Borges, mas, para percebê-la, é preciso ver o mundo com olhos amorosos. As crianças fazem isso naturalmente, pois elas conseguem passear com seus olhos distraídos por toda paisagem, tendo a capacidade de perceber o belo, a magia e o encantamento presentes em cada canto da vida.

Deve ser mais fácil complicar do que facilitar… talvez por isso algumas pessoas vivem inventando um montão de desculpas pelo que não conseguem se permitir fazer e pela falta de leveza diante da vida. São capazes de enumerar, rapidamente, uma série de obrigações, compromissos, dificuldade, restrições, circunstâncias… todas ligadas ao TER. Mas, quando vão arrumar um tempo para apenas SER? Quando já estiverem se sentindo velhas e conformadas a viver de lembranças? Enquanto isso, a vida passa… e a forma como você vai vivê-la depende essencialmente da pessoa que você se tornou, das suas escolhas e das parcerias de afeto que estabeleceu com os outros.

Na vida nada é certo, tudo é possível

A vida é um jogo onde se alternam frustrações e satisfações. Tem gente que mesmo com a bola no pé e o goleiro amarrado na trave não consegue fazer gol ou o que é pior, faz gol contra. A vida não nos dá certeza de nada, mas nos permite criar infinitas possibilidades.

Aprenda a aumentar o seu gostar por você, a cuidar melhor de você e a produzir felicidade em sua vida. Não desperdice o seu tempo com coisas que não sejam necessárias, dê tudo ao presente: realize desejos, acredite em sonhos, eternize momentos, acabe com a mesmice, aprenda a encontrar graça em si mesmo, abra a porta do coração para a alegria entrar, deseje ser muito amado, aja com serenidade, seja generoso com você e perdoe seus erros, aprenda a aceitar elogios, goste de quem gosta de você e escancare as janelas da alma para contemplar a vida com olhos distraídos e felizes.

Tomara que você possa se olhar e constatar que gosta muito da pessoa que você se tornou e que as pessoas significativas em sua vida também gostem de quem são, quando estão ao seu lado.

 

Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.