AMORES MUITO MAIS JOVENS

A cada dia aumenta o número de mulheres que se relacionam e casam com homens muito mais novos. Apesar do constrangimento inicial e da torcida contra, elas desafiam o preconceito, os olhares de críticas, os comentários de reprovação e assumem publicamente o seu desejo e o seu amor.

Na verdade, a sociedade aceita muito mais o relacionamento de uma mulher mais nova com um homem maduro, do que o envolvimento de uma mulher mais velha com um homem mais novo; e isso ocorre por puro preconceito. Até mesmo o homossexualismo masculino é mais tolerado que o feminino. Historicamente, a luta das mulheres contra o preconceito já foi bem maior e o fato de hoje as mulheres serem independentes, terem bons salários, estarem estabilizadas financeiramente as coloca em condição de realizar seus desejos e escolherem com quem querem se relacionar, inclusive com homens mais novos.

NEM TUDO SÃO FLORES

Mas, como nem tudo na vida são flores, namorar com um homem muito mais novo traz constrangimento (o casal chega de mãos dadas num lugar e muita gente fica olhando); aborrecimentos (ouve piadinhas jocosas como “ está criando o garoto” ou alguém, mesmo que sem maldade, lhe pergunta: “É seu filho?”); e medo (lá na frente ele pode desejar ter filhos ou se apaixonar por alguém da mesma faixa etária e o relacionamento acabar). Mas, no dia-a-dia as mulheres também convivem com o fato de que seus companheiros podem se apaixonar por outra, muitas vezes bem mais nova do que eles e o casamento terminar, pois todos nós, homens e mulheres, vivemos num mundo repleto de incertezas.

É certo que se relacionar com alguém mais novo aumenta as incertezas da vida e a chance de dar certo vai depender ainda mais do nível de maturidade do casal e dos motivos que os aproximaram: um relacionamento movido por interesses financeiros, prestígio e poder tende a não dar certo em qualquer idade. Maturidade tem a ver com a idade, caráter não! Relações movidas por interesses financeiros, de poder, de status podem acontecer em qualquer idade, não é privilégio dos mais novos.

“QUE SEJA INFINITO ENQUANTO DURE”

As mulheres que hoje tem 40 anos ou mais, são muito diferentes das mulheres que tinham a mesma idade há algumas décadas atrás: cuidam-se muito mais, não aparentam a idade que têm, tem mais disposição física e mais compromisso com o prazer e a felicidade. O relacionamento com parceiros mais novos se dá não só porque os homens mais velhos costumam optar por parceiras mais novas (o que diminui as chances de relacionamento com alguém da sua idade),mas também, porque com eles, elas se sentem mais atraídas pela juventude, alegria e energia que as pessoas mais jovens costumam ter; além de ficarem mais motivadas para a vida, mais desejadas como mulher, mais massageadas em sua auto-estima, mais estimuladas para se cuidar, praticar esportes, malhar, viajar; e serem mais livres para viver o desejo e a emoção.

Mulheres famosas como Marília Gabriela, Ana Maria Braga, Suzana Vieira, Ivete Sangalo, Daniela Mercuri, Marisa Monte, Elba Ramalho, Elza Soares, Madona… tem sido protagonistas desse amor sem preconceitos. Que a gente aprenda cada vez mais a ter respeito pelas escolhas individuais e pelas diferenças e como declara o namorado da Elza Soares (que tem um corpão de causar inveja a muita garota), “almas não tem idade” e como diria poeticamente o amado Vinícius de Moraes “que não seja imortal posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure”.

 

 

Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.