A revolução do macho

Nos anos 60 as mulheres detonaram uma verdadeira revolução dos costumes, sentindo-se mais livres para viver seus desejos (pessoais e profissionais), o que provocou uma desestabilização no papel masculino. Passado o susto, aos poucos, e de forma menos ruidosa, os homens já se sentem bem mais acomodados ao seu novo papel – o “tempo do machismo” está dando lugar ao “tempo da delicadeza”.

A revolução que criou o novo homem, trouxe mudanças profundas: hoje os homens conseguem demonstrar seus sentimentos, já sabem que podem chorar, ter medos e fragilidades, estão  atentos a vida de suas companheiras, participam mais da vida familiar e, se aproximam mais dos filhos. Ao vivenciar o amor pelos filhos, aprendem a tomar contato com seus próprios sentimentos, sufocados durante séculos.

Ser pai hoje

A saída da mulher em busca do mercado de trabalho, muda o rumo da história familiar e proporciona o surgimento de um novo pai. O homem deixa de ser apenas provedor e passa a ter as mesmas obrigações da mãe junto aos filhos. Embora as mulheres continuem assumindo a maior parte das responsabilidades pela criação deles, é cada vez maior o número de homens que desejam participar ativamente da educação dos filhos e que acompanham, de perto, seu desenvolvimento desde a gravidez (aumentou em mais de 60% o número de pais que acompanham o parto dos filhos), os levam na escola, participam de reuniões, acompanham ao médico, fazem mamadeiras, trocam fraldas, orientam, conversam e, principalmente, dão muito amor e carinho.

O pai e a mãe são igualmente importantes na formação da criança e são seus primeiros, e mais fortes, modelos de identificação. Por volta de 5 anos, o menino se percebe diferente da mãe e parecido com o pai que serve de modelo para afirmação da masculinidade, já para a menina, o pai é o primeiro exemplo de masculino e, ao se sentir segura ao lado do pai, tende a se desenvolver sexualmente de forma harmônica, o que vai influenciar seus futuros relacionamentos amorosos.

O novo homem

A construção da humanidade começa na família e além de ser o responsável pelo sustento da família, era reservado ao homem a função de disciplinar e punir, o que provocava muito medo nos filhos e, um certo distanciamento das mulheres. Ele era temido, respeitado e econômico nas demonstrações de afeto. Ao passar a ter uma afetividade mais viva e atuante, ao criar relações que estão sendo construídas com felicidade, amor e carinho, o homem muda o curso da sua história e das pessoas a sua volta.

Sem dúvida, o maior avanço da transformação masculina se dá no relacionamento com a família.  A mulher passa a ser vista como companheira e com os filhos,  vivencia um amor solidário  facilitando o contato  deles com a vida. A criação de uma sociedade amorosa, com lugar para todos, passa pela educação para a solidariedade e a liberdade. Para que isso aconteça, é necessário que nós, mulheres, aprendamos a dividir com os homens o gerenciamento da casa e o cuidado com os filhos, papel que era tradicionalmente nosso. Os filhos ao perceberem os pais como adultos que compartilham responsabilidades e afetos, aprendem que as relações não precisam ser de poder e sim de cooperação e tornam-se mais confiantes. Afinal, os homens, a vida inteira, se perguntaram: O que querem as mulheres? – Pois é, nós queremos esse novo homem, sensível, gentil, solidário e que não tenha medo de viver seu amor e que seja capaz de cantar para um filho “dorme meu pequenino, dorme, que a noite já vem, teu pai está muito sozinho, de tanto amor que ele tem”. Queremos um homem amoroso. Sejam bem-vindos em nossas vidas!

6 comentários

  1. Wow, superb blog structure! How long have you ever been running a blog for?

    you make running a blog look easy. The total glance of your web site is great, let
    alone the content material! You can see similar here sklep online

  2. It’s in reality a great and helpful piece of information. I am
    glad that you just shared this useful info with us. Please keep us up
    to date like this. Thank you for sharing. I saw similar
    here: Ecommerce

  3. Hi! Do you know if they make any plugins to assist with Search Engine Optimization? I’m trying to get my blog to rank for some targeted keywords but I’m not seeing very good results.
    If you know of any please share. Many thanks! You can read similar
    blog here: Sklep internetowy

  4. Hey there! Do you know if they make any plugins to assist with Search Engine Optimization? I’m trying to get my website to rank for some targeted keywords but I’m
    not seeing very good gains. If you know of any please share.

    Thank you! You can read similar article here: Scrapebox AA List

  5. Howdy! Do you know if they make any plugins to assist with
    SEO? I’m trying to get my blog to rank for some targeted keywords but I’m
    not seeing very good gains. If you know of any please share.
    Kudos! You can read similar blog here: Scrapebox AA List

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *