A GENTE SE ACOSTUMA…

 Muitas de nossas condutas são baseadas mais pela repetição, pelo costume, do que por escolhas racionais, ou seja, o que desperta a atenção do nosso cérebro funciona como um gatilho, nos impulsionando a agir, dessa forma. Quando nosso registro cerebral é o de que algo funcionou bem, essa informação é armazenada e tendemos a repeti-la. Daí para frente, a gente se acostuma a agir de determinada maneira, cria o hábito e incorpora aquela conduta ao nosso padrão de comportamento. Nós somos aquilo que fazemos repetidamente!

A gente internaliza padrões de comportamento, cria rotinas e se acostuma com condutas que não fazem bem a nossa saúde e geram muito estresse como: viver correndo; tomar o café da manhã em pé ou ir comendo no carro; chegar sempre atrasado nos lugares; reclamar da vida; brigar no trânsito; mentir para justificar nossas falhas ou tentar se justificar colocando a culpa nos outros; dormir muito tarde; passar horas intermináveis no celular; alimentar-se de forma inadequada; ter uma vida sedentária; a abrir mão dos prazeres da vida…

    Mas, infelizmente, a gente não se acostuma só com coisas boas, o hábito torna suportável até coisas muito ruins como ser mal tratado, ser humilhado, ser desrespeitado, ser agredido, ser desqualificado, ser ofendido, ser desamado, ser enganado, ser abusado… A prova disso são muitos relacionamentos abusivos que se arrastam por anos. Fica até difícil para muitas pessoas entenderem como alguém permanece em um relacionamento abusivo, mesmo sendo independente financeiramente.  

A vida mostra os caminhos, mas tem gente que se acostuma a andar sempre pelo mesmo lugar e, sendo assim, não consegue perceber a existência de outras possibilidades. Mudar de atitude depende de vontade própria; a pessoa precisa acreditar que determinada mudança pode trazer ganhos para a vida dela, que ela não precisa ter compromisso com o erro, que a felicidade é algo produzido por cada um de nós e que viver bem e ter qualidade de vida depende das escolhas que fazemos na vida.

Cada um de nós tem um jeito especial de lidar com tudo o que nos acontece. As pessoas que conseguem ter uma postura mais positiva diante da vida, tendem a lidar com mais serenidade e firmeza com as circunstâncias desfavoráveis do cotidiano e são mais resilientes, pois tiram o foco do problema e procuram analisar outras possibilidades tentando encontrar novos caminhos.

Reflita e analise quais são os seus sonhos e desejos, ponha o foco neles e transforme-os em motivação. Mudar nem sempre é fácil, mas é possível! Perceba que mais importante do que o que acontece com a gente é a forma como lidamos com o que nos acontece e, mesmo diante das adversidades, arme-se com sua fé e coragem e decida investir em você mesmo. Não se acostume a viver infelicidade. Cultive o hábito de viver alegria e paz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.