• VIDA LONGA AO AMOR!

     

     

    Boa parte dos atendimentos psicoterápicos devem-se a problemas ou términos de relacionamentos amorosos. Nesse sentido, quando as pessoas me perguntam por que meu relacionamento amoroso não deu certo, não foi duradouro ou terminou de uma forma muito inesperada, a resposta é sempre a mesma: se não houve da sua parte nenhum ato que tenha sido decisivo para que o seu parceiro tivesse mudado de conduta e reagido de uma forma intempestiva e se você tivesse percebido que ele vinha se comportando de forma desrespeitosa, agressiva ou desleal, isso aconteceu porque você não soube fazer uma escolha amorosa adequada, ou seja, escolheu a pessoa errada para se relacionar.

    Simples assim? Claro que não! Provavelmente a escolha mais difícil que fazemos na vida é a nossa escolha amorosa. Quando se conhece alguém, às vezes basta um olhar para que se fique em estado de alerta e, a partir daí, acione todos os nossos sentidos para avaliar possibilidades; alguns indicadores costumam ser denunciadores de intenções: as mulheres passam a mão nos cabelos e os homens costumam encarar e olhar fixamente e quando o interesse é recíproco vem a certeza de que “Não havíamos marcado hora, não havíamos marcado lugar. E na infinita possibilidade de lugares, na infinita possibilidade de tempos, nossos tempos e nossos lugares coincidiram. E deu-se o encontro” (Rubem Alves).

    O interesse por alguém aciona todos os sentidos numa avaliação inicial. Depois da sedução do olhar começa a aproximação física e assim, tocar, acariciar, cheirar, ouvir histórias, beijar e fazer sexo vão acontecendo num tempo permitido pelos dois e só depois desse ritual de aproximação e conhecimento é que surge o sentimento. Mas, as coisas não param por aí: a verdade é que as pessoas que despertam a nossa atenção representam um reviver dos aspectos de nossa história, pois todas as atrações e repulsas assim como as demais escolhas que fazemos na vida são inconscientemente motivadas, ao revivermos lembranças e emoções do passado enxergamos no outro algo que existe em nós e que de alguma forma já fez parte da nossa história.

    Assim, a história amorosa de cada um de nós é resultado de herança genética, legado familiar e influência cultural, portanto, nossas escolhas estão relacionadas a um conjunto de valores pessoais, familiares e sociais. E essa trajetória inconsciente vai sendo elaborada desde as primeiras relações afetivas na família onde pai e mãe, além de objeto de amor, são também modelos de identificação muito importante – quando essa identificação é positiva, buscamos parceiros semelhantes a eles, se, ao contrário, rejeitamos a imagem deixada por nossos pais, tomamos um caminho oposto e buscamos parceiros totalmente diferentes deles.

    Dessa forma, passado e presente de algum jeito e maneira se cruzam em nossa história e, mesmo que o relacionamento tenha começado de uma forma muito lúdica e encantadora, isso não garante que o desenvolvimento dessa história amorosa permaneça na mesma energia e sintonia. Para que um relacionamento seja “eterno enquanto dure” é preciso que a gente conserve a capacidade de olhar amorosamente o outro, sem deixar de ficar atento aos sinais que a vida nos dá, pois não há dúvida, a intimidade permite que observemos condutas e caráter, agora, quando a gente não quer ver…

    O destino do amor é o desassossego! ´”Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor” (Maiakovski) e, a duração desse sentimento vai depender sempre de nossas escolhas

    Post Tagged with

10 Responsesso far.

  1. Jenn disse:

    I just got a tassimo machine and all the usual acceesoriss and i really would love to make something like this for my kitchen. space is limited so this really inspired me to make a little station somewhere. 🙂

  2. English not my native language.You made some nice points there. I did a search on the subject and found most individuals will agree with your website.

  3. พูดว่า:Wanted to drop a remark and let you know your Feed isnt functioning today. I tried adding it to my Google reader account but got nothing.

  4. TYVM you’ve solved all my problems

  5. Does anybody knows why i can`t watch some videos on you tube?it`s mostly music video clips for wich i know that they are on tube but every time i try to watch it i either get the message "this video is not available in your country"or they just don`t show up in search results.does anybody have any idea how i can overide this problem?

  6. That’s a creative answer to a difficult question

  7. Como podría accelerar este mismo proceso (indexación de google) pero en mobile? Ya envie el sitemap mobile pero quiero saber si hay alguna tecnica para ayudar a su indexación… gracias!

  8. Hello, I’m 13.Live in the heart of Europe, the poorest European country. Revolution, economic upheaval, the distribution of power, quarrels, and various reforms lead our already poor countries to economic and political End.I never seen a look like 5 euros, so if you can send them to me at all please.I want to buy a new computer.Can create websites and programs (learned at home-taught). But my old computer does not have enough CPU, enough virtual memory and it is often destroy.Very want new .My electronic purse: Liqpay +380990836531.

  9. ForstÃ¥r godt at du er forelska! Nyyydelig blÃ¥farge : ))NÃ¥r gÃ¥r dette pÃ¥ TV?Jeg er forresten innmari spent pÃ¥ ditt nye prosjekt! : ) …og hÃ¥per du og mag skal fortsette?hilsen Silje.

  10. Du har sannerligen hasft en grym säsong! Som jag sagt tidigare är du även ett föredömme för sportiga mammor! Försiktig men ändå på! SUPER!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *