• Seja presente na vida dos seus filhos

     

    Neste domingo, como em todos os outros segundos domingos do mês de agosto, comemora-se o dia dos pais e, mais do que uma data comercial, esse é um ótimo momento para refletirmos sobre a importância da figura paterna na criação dos filhos. Na verdade, dentre as transformações sociais, culturais e familiares ocorridas a partir do século XX, uma das mais significativas tem sido a do papel dos pais, que deixaram de ser apenas provedor e suporte financeiro e passaram a assumir de forma bastante efetiva e afetiva os cuidados com a prole.

    Nas últimas décadas, o papel de pai vem sendo ressignificado e ele passa a dividir com a mãe as tarefas de educar e zelar pela saúde e bem-estar dos filhos. Antigamente, o pai era socialmente alijado desse processo, pois as mães dominavam a cena – durante a gravidez, a mulher era o centro das atenções; depois do nascimento, o bebê reinava absoluto e o pai mantinha-se no papel de provedor-. Com a entrada das mulheres no mercado de trabalho esse cenário muda bastante, ela também passa a dividir com o marido o sustento da casa e ele a dividir com a mulher a educação e a criação dos filhos. Mais do que justo!

    Há tempos é sabido que para que uma criança cresça e se desenvolva de forma harmoniosa e saudável, ela precisa se sentir protegida, acolhida e amada tanto pelo pai quanto pela mãe (na ausência de um deles, outro adulto que seja referência afetiva pode assumir esse papel). Assim, a presença do pai também é essencial para o desenvolvimento cognitivo e emocional da criança, fazendo com que ela se sinta mais protegida física e emocionalmente. Os pais também ganham muito com essa redefinição de papéis: estudos comprovam que os homens quando se tornam pais tendem a ser menos agressivos e mais sensíveis.

    Pois é, no entanto, mesmo com todas essas mudanças, muitos homens ainda se mantém no papel tradicional de provedor e se envolvem pouco nos cuidados com a cria. Perdem eles e os filhos! Os filhos são a oportunidade mais próxima dos pais de lidarem com o lúdico, com a leveza, com a alegria e com a fantasia; os pais são para os filhos modelos e referência para uma vida adulta mais saudável. Brincar com os filhos é resgatar a criança interior, poder fazer mágica com a imaginação e viver a alegria na sua forma mais singela.

    Assim, seja presente na vida dos seus filhos e proporcione a eles colo, carinho e aconchego; seja referência de autoridade amorosa; seja mão que afaga e voz que orienta; seja presente nos momentos de precisão para poder ser lembrado nas suas ausências; seja referência de respeito e amor; seja motivo de orgulho e modelo de inspiração e seja, acima de tudo, referência de vida.

    Neste dia dos pais celebre a vida junto com seu pai e faça a diferença no dia dele. Presenteie amor, distribua sorrisos, relembre momentos marcantes e   empenhe-se em construir com ele novas histórias de amor. Feliz dia dos pais a todos os pais!

    PS: Seu Sequeira, onde o senhor estiver, receba meu melhor carinho. Saudades eternas!

     

    Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *