• CONFLITOS FAMILIARES X APRENDIZAGEM DOS FILHOS

     

    O desenvolvimento dos filhos é muito influenciado por tudo o que eles vivem na família. Engana-se quem pensa que as crianças não percebem o que acontecem ao redor delas, na verdade não só percebem como são muito influenciadas pela dinâmica e pelo clima familiar. Essa história de tentar enganar as crias diante das brigas familiares dizendo que não aconteceu nada; que a mamãe não está triste, que está apenas com muita dor de cabeça e que por isso passou a manhã trancada no quarto; que não está chorando; que o papai e a mamãe não estavam brigando, o papai só falou mais alto… As crianças percebem que os pais não estão falando a verdade!

    Acontece que, quando as crianças são envolvidas nos conflitos familiares a situação tende a ficar pior ainda, pois, como elas costumam ser intensas em tudo o que fazem (para elas até o brincar é coisa muito séria), elas não só se vinculam e se preocupam excessivamente com os fatos acontecidos, como também se sentem responsáveis pelas brigas –as crianças acham que o mundo gira em torno delas, portanto é natural que acreditem que as brigas dos pais têm a ver com elas .E com a cabecinha cheia de problemas e o coração intranquilo o interesse das crianças pelos estudos diminui e o baixo rendimento escolar acontece como resultado da dificuldade de aprendizagem e de adaptação.

    É sempre bom lembrar que os pais são os modelos naturais e referências primárias de amor, segurança e proteção para os filhos e, como adultos cuidadores são os responsáveis por garantir que eles cresçam e se desenvolvam de forma saudável. Porém, quando os pais não conseguem lidar adequadamente com o estresse e com as circunstâncias desfavoráveis do cotidiano, eles vão projetar no ambiente familiar toda a sua insatisfação e irritação, o clima na casa fica péssimo em razão das brigas e todos os membros da família sofrem as consequências, especialmente as crianças que ou se manifestam a respeito e pedem “parem de brigar” ou fogem da área de conflito e se isolam.

    Assim como os adultos são afetados por brigas e discussões, que interferem e prejudicam o seu desempenho e precisam de paz e tranquilidade para produzir e desenvolver o seu trabalho com segurança e prontidão, com as crianças acontecem à mesma coisa, pois elas não ficam imunes às brigas e discussões que ocorrem na sua família? Quando elas saem de casa, não deixam os seus medos e dificuldades atrás da porta e vão para escola com a cabeça limpa e o coração tranquilo? As crianças precisam ser protegidas, cuidadas e amparadas para que possam desenvolver suas habilidades sociais e aprender as coisas da vida.

    Cada pessoa é um ser único e diferenciado, cada um de nós possui características próprias que nos fazem ver e sentir a vida de forma diferente e essa é a explicação para o fato de que os membros de uma mesma família vivem os conflitos familiares de forma diferente – enquanto alguns filhos não se abalam tanto com as brigas dos pais, não perdem o sono e nem o apetite, outros se sentem profundamente atingidos e não conseguem se desvencilhar dos pensamentos que os perseguem e os atemorizam.

    Os conflitos familiares interferem na dinâmica de toda a família, e as crianças são absurdamente atingidas por isso; portanto, antes de você cobrar bons resultados escolares dos seus filhos, avalie o quanto você tem contribuído para criar um ambiente de paz, alegria e tranquilidade em sua casa. Isso é muito importante para todos e em qualquer circunstância!

     

     

     

     

     

     

    Post Tagged with

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *